#prontofalei

Resenha: Adormecida, de Anna Sheehan

A obra de Anna Sheehan não é exatamente uma versão moderna de A Bela Adormecida, mas uma história totalmente nova que apresenta certa intertextualidade com o conto de fadas.

Trata-se da história de uma menina que é despertada após ter dormido durante muitos e muitos anos num “tubo de estase” (assista ao vídeo e descubra o que é isso). Mas em vez de haver um príncipe encantado apaixonado e ansioso para casar com ela e viverem felizes para sempre, o destino de Rose Fitzroy está bem longe disso: ela tem uma série de problemas bem cabeludos a enfrentar. Digamos que o menor deles é o fato de ela não conhecer mais ninguém num mundo que mudou completamente.

Um conflito bem legal de se explorar mas com um desenrolar que deixou um pouco a desejar.

Não acho que o final tenha sido ruim, até porque não tinha muito como fugir do que acontece conforme a história foi construída (a não ser que a personagem se entregasse numa depressão profunda e vivesse infeliz para sempre, ou que o plastine – leia o livro! – conseguisse matá-la e fim!). Na realidade o problema principal foram as bases, a maneira em que a história foi desenvolvida. (mais…)

Resenha: Selva de Gafanhotos

Selva de Gafanhotos, de Andrew Smith, foi uma obra bem divulgada pela editora intrínseca e sua campanha de lançamento mostrou ser um livro divertido por tratar-se do fim do mundo de forma cômica, nonsense e nojenta ao mesmo tempo.

Talvez por eu ser um tanto crítica para histórias engraçadas ou sobre fim de mundo, não gostei tanto como achei que fosse gostar desta obra, que aborda a junção desses dois assuntos polêmicos. Imaginei que o humor fosse um tanto diferente e acabei me decepcionando um pouco. #prontofalei

Sua sinopse me chamou bastante atenção e cheguei até a deixá-lo como dica de lançamento aqui no site. Assim que vi o livro na livraria, comprei e coloquei na fila dos próximos a serem resenhados. Mas infelizmente a obra deixou um pouco a desejar na experiência que eu tive ao lê-lo.

A história é narrada por Austin, um adolescente polonês que, junto de seu melhor amigo Robby e por acidente, acaba dando vida a um exército de louva-a-deus “irrefreáveis” de 1,80m que só fazem duas coisas: comer e se reproduzir. E como nada além do sangue do próprio criador consegue destruir essas criaturas, é dessa maneira que começa o caos e o mundo praticamente acaba. (mais…)

Resenha: Um Homem de Sorte

A obra “Um Homem de Sorte“, de Nicholas Sparks trata-se da história de Logan Thibault, um ex-fuzileiro naval, após ter sobrevivido a uma série de explosões e ataques no Iraque.

Como era Thibault fisicamente? Imagine um homem de olhos azuis, cabelos compridos na altura dos ombros, forte e bonitão. Em suma, Logan Thibault é o Jared Leto em sua melhor fase. Mas além de toda essa beleza, ele também tem um bom coração e é super paciente, educado e cavalheiro. Não podemos esquecer que também é maduro, valente e responsável. Ele é tudo de bom, gente. É aquele tipo de ser humano que só existe no universo Sparkiano. Além de tudo, ele também tem um pastor alemão chamado Zeus, que é dócil com os amigos e maravilhosamente treinado, obediente a cada mínimo sinal de movimento do dono. (mais…)